Translate

sábado, 26 de março de 2011

Tenho mantido o contacto com a minha amiga Akiko. Sei que está bem, a região onde habita, Yokohama, não foi afectada pelo terramoto, que assolou o Japão, no passado dia onze.
São um povo com uma capacidade de resistência incrível, que se deve à disciplina, à obediência, e ao conformismo, aceitando da natureza todas as suas manifestações. É caso para dizer que vivem "sobre barris de pólvora", pois o país tem em actividade 260 vulcões, sendo também uma zona sísmica, devastado por tufões e tsunamis (palavra japonesa para maremoto). Nada disso os impede de reagir com calma e ordem, que os leva a superar estas catástrofes.


"Carpa Koi", é um símbolo da cultura japonesa, simboliza resistência e capacidade de adaptação a meios adversos.

Também uma lenda explica que a culpa destes desastres é de Namazu, o peixe gigantesco que vive por baixo do arquipélago japonês, e que quando se movimenta, provoca catástrofes à superfície.

sexta-feira, 25 de março de 2011

A Obra

Pinto sonhos, fantasias, jardins, borboletas...
Manipulo pincéis, cavaletes, tintas, paletas...
Misturo cores vibrantes, suaves, opacas...
Uso vernizes, diluentes, patines, lacas...

Pinto desejo, emoção, esperança, desilusão...
Uso aguarela, acrílico, óleo, cera, carvão...
Pinto factos reais, burlescos, sentimentais...
Realizo painéis, retratos, magníficos vitrais...

Um dia inspirada quis o retrato pintar-te.
Mostrar ao mundo a beleza da minha arte.
Apliquei-me, esforcei-me, tentei e falhei.
Infelizmente, admito, do esboço não passei.

Para a grandiosa obra quis o modelo perfeito.
Usei as técnicas, as escolas, não teve efeito.
Desiludida, sem talento, parei de o pintar.
Para não sofrer, o retrato tive de tapar.


O tempo correu, voou, não o quis voltar a ver.
Algures num sótão ficou, acabei por esquecer.
Não eras o modelo preterido para a minha arte.
Foi demais a ousadia, o retrato querer pintar-te.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Chegou a primavera!






 

A primavera é a maneira da Natureza dizer: vamos lá festejar!"
Robin Williams, ator

sábado, 19 de março de 2011

Viagem no tempo












Umas imagens de Windsor e de Eton.

Faz hoje um ano, estava em Windsor. Comemorei aqui o meu aniversário. Visitei as maravilhas que a cidade oferece, como também visitei Eton, com a sua famosa universidade, fica na outra margem do Tamisa. Irei recordar, enquanto viver, este dia, foi inesquecível. Hoje também foi, primeiro, almocei com uma amiga de longa data, foi bastante agradável, segundo, jantei com a família, tendo a minha filha a gentileza de fazer o jantar.

A felicidade é feita de pequenas coisas, e principalmente, é um estado de alma, Deus deu-me o livre arbítrio, escolhi ser feliz.

terça-feira, 15 de março de 2011

O novo acordo ortográfico

Ainda não consigo memorizar a nova forma de escrever português, continuando portanto a escrever em português "arcaico".

Tenho que esforçar-me para não ficar desatualizada (é assim que se escreve, de acordo com o acordo?).

Ainda me baralho quando escrevo algo, fico na dúvida se está correto, (é assim?) não quero que me julguem ignorante, (e esta hei!). Mas vai levar o seu tempo, ai isso vai!


Segundo a opinião de um especialista:
"Acima de tudo, o grande problema do acordo ortográfico é criar mais uma desnecessária razão para as pessoas se irritarem umas com as outras, como se não fosse suficiente o futebol (já que no que toca à política, hoje em dia está tudo mais ou menos de acordo)."
"No meio do caos, enquanto dizemos adeus a palavras com consoantes mudas, como "exacto", celebramos quem teve a ideia, há muitos, muitos anos, de dizer todas as consoantes de palavras como "facto". Ou "pacto". De outra forma andaríamos às aranhas para perceber se o "pato de Varsóvia" se referia à lendária aliança militar do Leste no tempo da Guerra Fria ou a uma receita polaca de aves. É sempre bom ver o copo meio cheio"

Nuno Markl - Miopia & Astigmatismo, S.A. - Revista Única - Expresso nº.2001 de 5 de Março de 2011.

Nuno Markl - humorista, argumentista, cartunista, escritor, apresentador de televisão, locutor de rádio.


domingo, 13 de março de 2011

E no Japão... ?
Não comento! Faltam-me as palavras!

quarta-feira, 9 de março de 2011

Sobre o Carnaval

"Que ideia a de que no Carnaval as pessoas se mascaram.
No Carnaval desmascaram-se".

Virgílio Ferreira, escritor

sexta-feira, 4 de março de 2011

Uma questão de materiais

"Stan estava cansado depois de uma manhã na pesca resolveu fazer uma sesta. Joyce, a mulher, levou o barco para o meio do lago e ficou lá sentada a ler um livro.
Uma meia hora depois, o xerife abordou-a no seu barco a motor.
- Minha senhora - disse ele - , lamento, mas está numa zona em que é proibido pescar.
- Mas eu não estou a pescar - retorquiu Joyce. - Estou simplesmente a ler.
- Talvez, mas tem aí o material todo - disse o xerife. - Vou ter de lhe passar uma multa.
- Tudo bem - disse Joyce -, mas vou acusá-lo de agressão sexual.
- O quê? - objectou o xerife, estupefacto. - Nem sequer lhe toquei!
- É verdade - respondeu Joyce -, mas tem aí o material todo."

Marilyn Berger, EUA

quarta-feira, 2 de março de 2011

Outro filme que mereceu o meu apreço. Foi com enorme prazer que o vi, contêm tudo o que aspiro num filme, principalmente se me permite reflectir sobre o tema, neste caso a fragilidade e ao mesmo tempo a força e a coragem de um homem que perante situações adversas nunca recusou assumir o seu papel, ainda que este fosse de máxima exigência.